Campeonato Paulista 2016

27.03.2016

Toro Loko perde para a Ponte

Red Bull Brasil sofre a primeira derrota para times da Série A do Brasileiro

O Toro Loko bem que tentou, mas não conseguiu manter sua invencibilidade no Paulistão contra times da Série A do Brasileiro. Depois de empatar com o São Paulo e ganhar de Santos e Palmeiras, neste domingo a equipe perdeu para a Ponte Preta por 3 x 0.

Apesar do resultado, o Red Bull Brasil ainda está na vice-liderança do Grupo D, com 19 pontos, quatro a mais do que o Água Santa.

“Jogo complicado. Eles entraram pressionados e fizeram uma partida de choque, brigada. Demoramos a entender o que era o jogo e tomamos gol no fim do primeiro tempo, mas voltamos melhor, perdemos chances claras. Eles fizeram três gols de bola parada, coisa que não costumamos tomar. Fugiu um pouco do que tem sido o campeonato nosso”, disse o técnico Mauricio Barbieri.

O Toro Loko volta a campo na quinta-feira, contra o Novorizontino, no Moisés Lucarelli, às 20:30.

O JOGO
Pressionada por sua torcida, a Ponte Preta começou a partida se aventurando no ataque. Saulo e a defesa tiveram de trabalhar bastante, mas conseguiram conter a maioria dos ataques.

No principal lance do Red Bull Brasil, Misael saiu cara a cara com João Carlos, mas acabou errando o alvo.

Tudo parecia se encaminhar para o 0 x 0 na primeira etapa, mas a Macaca acabou abrindo o placar no último minuto. Após cobrança de escanteio, Douglas Grolli apareceu de barriga mesmo para marcar.

Na volta para o segundo tempo, o Red Bull Brasil buscou o gol de empate e chegou bem perto dele. Anderson Marques, de cabeça, acabou acertando o travessão de João Carlos. Mas a noite não era mesmo do Toro Loko.

Wellington Paulista, cobrando pênalti, ampliou a vantagem pontepretana para 2 x 0. O mesmo camisa 9 teve outra penalidade para marcar o terceiro, mas Saulo conseguiu defender. O mesmo aconteceu com Edmilson, que viu João Carlos espalmar sua penalidade.

De pênalti não entrou, mas, de falta, Ravanelli fez o terceiro da Ponte Preta e deu números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
RED BULL BRASIL 0 x 3 Ponte Preta

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Público e renda: 2.557/ R$ 41.830
Cartões amarelos: Willian Rocha, Saulo e Igor Sartori (RED BULL BRASIL); Taiberson, João Vitor e Fábio Ferreira (Ponte Preta)
Cartão vermelho: Everton Silva (RED BULL BRASIL)
Gols: Douglas Grolli (45/1T), Wellington Paulista (21/2T) e Ravanelli (50/2T)

RED BULL BRASIL: Saulo; Everton Silva, Anderson Marques, Diego Sacomam e Willian Rocha; Nando Carandina, Rafael Costa (Willian Magrão) e Thiago Galhardo (Willie); Igor Sartori, Edmilson e Misael (Arthur Caculé)
T: Mauricio Barbieri

Ponte Preta: João Carlos; Jeferson, Douglas Grolli, Fábio Ferreira e Reinaldo; Jonas (Renato) e João Vitor; Taiberson (Nino Paraíba), Ravanelli e Felipe Azevedo (Gilson); Wellington Paulista
T: Alexandre Gallo