Campeonato Paulista 2016

13.02.2016

Toro Loko perde em casa, mas projeta recuperação

Resultado negativo contra a Ferroviária não abala preparação para as próximas rodadas

Não foi a noite que o Toro Loko e sua torcida gostariam. Jogando no Moisés Lucarelli, a equipe campineira recebeu a Ferroviária pela quarta rodada do Campeonato Paulista e perdeu por 3 x 0.

Apesar do resultado, o Red Bull Brasil terminou a noite de sábado ainda na segunda posição do Grupo D, com quatro pontos conquistados.

“Tomamos o gol muito cedo e isso condicionou o jogo. Não fizemos um mal primeiro tempo, a gente sufocou, pressionou. A gente tentou, a bola bateu em tudo que é lugar, uma série de circunstâncias confusas no jogo”, lamentou o técnico Mauricio Barbieri.

Nas próximas rodadas, a equipe tem dois jogos fora de casa para tentar reverter a situação, contra XV de Piracicaba (20/2) e Botafogo (24/2).

“Temos de sair para buscar os seis pontos, se possível. Aproveitar a semana cheia de trabalho para organizar, ajustar e sair para buscar esses pontos importantes”, completou Barbieri.

O JOGO
Nem sempre as coisas começam conforme o planejado e o jogo deste sábado foi a prova disso. No primeiro ataque da Ferroviária, com 19 segundos de jogo, Fernando Gabriel acertou um chute no canto direito e abriu o placar.

O Toro Loko bem que tentou o empate, mas faltou o algo a mais. Ora o último passe saía um pouco forte, ora o chute ganhava um rumo indesejado.

A equipe campineira tentou por baixo, por cima, pelos lados, pelo meio, de longe, de perto… Mas a bola estava insistindo em não entrar.

O problema é que ela insistiu em não entrar apenas de um lado. No primeiro ataque da Ferroviária na etapa final, Caíque ampliou a vantagem aos 16 minutos. No segundo, aos 31, foi a vez de Rafinha marcar.

Não foi a noite do Toro Loko. Hora de voltar para casa e se preparar par encarar o XV de Piracicaba, no próximo sábado, na casa do adversário, às 19h.

FICHA TÉCNICA
RED BULL BRASIL 0 x 3 Ferroviária

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas
Árbitro: Vinicius Furlan
Público e renda: 1.382/ R$ 22.035
Cartões amarelos: Luan, Misael, Willian Magrão e Willian Rocha (RED BULL BRASIL); Juninho (Ferroviária)
Gols: Fernando Gabriel (19s/1T), Caíque (16/2T) e Rafinha (31/2T)

RED BULL BRASIL: Saulo; Everton Silva, Drausio (Edmilson), Diego Sacoman e Willian Rocha; Luan (Breno Lopes), Willian Magrão, Nando Carandina e Thiago Galhardo (Igor Sartori); Misael e Roger
T: Mauricio Barbieri

Ferroviária: Rodolfo; Igor Julião, Wanderson, Marcão e Thallyson; Juninho, Samuel (Rafinha), Rafael Miranda e Fernando Gabriel (Danielzinho); Wescley e Caíque (Tiago Marques)
T: Sergio Vieira

Red Bull Brasil 0 x 3 Ferroviária