Copa Paulista

08.10.2018

Toro Loko empata com o Mirassol

Red Bull Brasil segura 1 x 0 até os 47 do segundo tempo, mas sai com um ponto na bagagem

Se na partida contra o Audax, o Red Bull Brasil conseguiu o empate nos minutos finais, nesta segunda, a equipe sofreu justamente o contrário. Vencendo até os 47 minutos do segundo tempo, o Toro Loko ficou no 1 x 1 com o Mirassol.

“Primeiro tempo praticamente controlado. Eles chegaram uma ou duas vezes em jogadas que nós erramos e tivemos chances de ampliar. Merecíamos um placar melhor no primeiro tempo. No segundo, na jogada que vínhamos conversando em campo, eles chegaram ao empate. Tiveram volume maior, faltou pressionar mais a bola. Fomos passivos no segundo tempo. Por isso a gente levou tantas bolas na área”, disse o técnico Antônio Carlos Zago.

O time volta a campo no próximo domingo, novamente contra o Mirassol desta vez fora de casa, às 10h.

“Temos que acertar, até porque tem o jogo de volta. A equipe deles não deve mudar muito, mesmo jogando em casa. E a nós cabe mantermos a concentração até o fim e não deixar que aconteça o empate como hoje”, completou o treinador.

O JOGO

A vitória daria a ponta da tabela para o Red Bull Brasil e, sabendo disso, a equipe criou as chances mais perigosas no começo da partida.

Aos 18 minutos, João Denoni recebeu na entrada da área e bateu forte. A bola explodiu na trave. Um minuto depois, não teve jeito. Léo Castro arriscou de canhota, também próximo à meia-lua, e abriu o placar.

O Mirassol respondeu com Carlão. No único lance de perigo, o camisa 9 chutou cruzado e viu a bola passar bem perto da trave.

Na etapa final, o soube sofrer e segurar as investidas do time visitante, que ficou mais com a bola, mas pouco deu trabalho a Julio Cesar.

O Toro Loko ainda assustou com um cruzamento de Everton, que Ytalo e Claudinho chegaram a desviar, sem sucesso.

Quando a vitória parecia certa, Carlão, de cabeça, empatou para o Mirassol aos 47 minutos. E foi só.

 

FICHA TÉCNICA

Red Bull Brasil 1 x 1 Mirassol

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas

Árbitro: Douglas Marques das Flores

Público e renda: 126/R$ 835

Cartões amarelos: Claudinho e Anderson Marques (Red Bull Brasil); Dalberto e Alisson (Mirassol)

Gols: Léo Castro (19/1T) e Carlão (47/2T)

Red Bull Brasil: Julio Cesar; Lucas Urias, Anderson Marques, Sueliton e Acácio; Maicon, João Denoni (Jobson) e Everton (Eduardo); Claudinho, Léo Castro e Ytalo (Jean)

T: Antônio Carlos Zago

Mirassol: Matheus Aurélio; Welder, Matheus Felipe, Riccieli e Diego Corrêa; Léo Baiano, Diego Felipe (Alisson) e Jardisson; Luizinho, Kadu (Dalberto) e Carlão

T: Moisés Egert