Campeonato Paulista 2018

03.02.2018

Red Bull Brasil empata em casa

Toro Loko marca primeiro com Claudinho, mas Bragantino empata na etapa final

Embalado pela primeira vitória na competição, o Red Bull Brasil recebeu o Bragantino e, com um belo gol de Claudinho, até saiu à frente no placar, mas acabou levando o empate: 1 x 1.

“Fizemos bom primeiro tempo, com bastante mobilidade e criamos boas oportunidades. Na etapa final tivemos mais dificuldade, mesmo assim tivemos chances claras. Campeonato é difícil e qualquer jogo, se vacilar, você dá chance de o adversário crescer”, disse o técnico Ricardo Catalá.

No próximo sábado, a equipe, agora com seis pontos, viaja a São Caetano para enfrentar o time do ABC paulista. Depois, encara o Novorizontino, também fora de casa.

“Agora é ter serenidade e aproveitar essa semana para recuperar bem os jogadores, porque a sequência fora de casa vai ser bem difícil também”, completou o treinador.

O JOGO

As duas equipes fizeram um primeiro tempo equilibrado, mas as melhores chances de gol vieram para o lado do Toro Loko. Na melhor delas, aos 29 minutos, a rede balançou.

Claudinho dominou na intermediária, ajeitou e soltou a bomba no ângulo de Alex Alves, sem chance de defesa. Logo na sequência, Breno Lopes e Eder Luis assustaram com duas cobranças de falta.

Na segunda etapa, o Bragantino, atrás no marcador, veio para cima e estava esbarrando na defesa, até que, aos 18 minutos, Matheus Peixoto conseguiu a igualdade.

Depois do empate, o time visitante recuou e esperou o Toro Loko. Claudinho viu Alex Alves fazer milagre após chute na pequena área e Edmilson acabou errando o alvo depois de bom lançamento de Doriva.

A rede não balançou mais e o empate permaneceu no placar até o apito final.

 

FICHA TÉCNICA

Red Bull Brasil 1 x 1 Bragantino

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas

Árbitro: Marcio Henrique de Gois

Público e renda: 738 / R$ 7.840

Cartões amarelos: Eder e Rayne (Red Bull Brasil); Matheus Peixoto e Hélton Luiz (Bragantino)

Gols: Claudinho (29/1T) e Matheus Peixoto (18/2T)

 

Red Bull Brasil: Julio Cesar; Nininho (Everton Silva), Tiago Alves, Rayne e Breno Lopes; André Castro, Eder (Doriva) e Eder Luis; Deivid (Ricardo Bueno), Claudinho e Edmilson

T: Ricardo Catalá

Bragantino: Alex Alves; Ewerton, Lázaro, Guilherme Mattis e Fabiano; Evandro, Adenilson, Diego Macedo (Rafael Silva), Léo Jaime (Clayton) e Vitinho (Hélton Luiz); Matheus Peixoto

T: Marcelo Veiga