copa são paulo de futebol júnior

24.01.2017

Valentim relembra título da Copinha

Treinador do Toro Loko foi campeão da competição em 1994, com o Guarani

A final da Copa São Paulo de Futebol Júnior é nesta quinta e, apesar de o Red Bull Brasil não estar na disputa, um integrante da comissão técnica do Toro Loko conhece bem essa sensação de disputar o título. Hoje técnico do time profissional, Alberto Valentim foi campeão da competição em 1994.

Vestindo a camisa do Guarani, junto com nomes como Luizão e Pitarelli, o então lateral-direito derrotou o São Paulo de Rogério Ceni, Jamelli e Caio Ribeiro nos pênaltis. Alberto, aliás, bateu a última e decisiva cobrança.

“A gente saiu perdendo por 1 x 0, gol de Jamelli de pênalti. No segundo tempo, lá por 37, 38 minutos, o Rubens, nosso camisa 10, fez de falta e empatou. O São Paulo massacrou a gente, mas fomos para os pênaltis e o Pitarelli pegou os três primeiros. Eu era nosso terceiro batedor, todo mundo fez e fomos campeões. O São Paulo era o favorito, mas conseguimos ganhar”, relembra Valentim.

O título da competição abriu as portas da equipe profissional para o atual treinador do Toro Loko. Na ocasião, passou a treinar com o elenco profissional do Bugre, que contava com nomes como Djalminha e Amoroso, além do próprio Luizão, que também disputou a final da Copinha.

“A Copinha foi muito importante para a minha carreira. Cheguei ao Guarani em 1993, formamos um time forte e ali começou a abrir as portas do profissional para mim. Comecei a treinar com aquele time maravilhoso. Foi decisivo para a minha vida no futebol”, completou Valentim.