Copa Paulista

04.08.2018

Três para lá, três para cá! Toro Loko empata na estreia

Em jogo com duas viradas e seis gols, Red Bull Brasil e XV de Piracicaba ficam no 3 x 3

Se alguém esperava emoção na estreia do Red Bull Brasil na Copa Paulista, não vai ter motivo para reclamar. Com direito a duas viradas, uma para cada lado, Toro Loko e XV de Piracicaba empataram por 3 x 3, no Barão de Serra Negra.

Anderson Marques, Léo Castro e Ytalo marcaram para o time de Campinas, enquanto Romarinho, Rafael Rosa e Welton Paraguá fizeram os gols dos mandantes.

“Foi um jogo nervoso, como toda estreia, que sempre tem mais apreensão. Parabenizar os jogadores pela dedicação, entrega e busca pelo resultado. Mesmo fazendo o terceiro gol faltando três minutos, tivemos mais duas chances de vencer. Esse espírito vai nos aproximar das vitórias”, disse o técnico Ricardo Catalá.

O Red Bull Brasil volta a campo na próxima quinta-feira, contra a Ferroviária, no Moisés Lucarelli, às 18h30.

“Agora, é fazer as correções e recuperar bem para fazer uma boa partida em casa. Jogar no Moisés Lucarelli é bom, o campo é ótimo e favorece as nossas características”, completou Catalá.

O JOGO

Jogando em casa, o XV de Piracicaba fez o goleiro Julio Cesar trabalhar antes de um minuto no relógio. O Toro Loko respondeu com Eder, após cruzamento de Deivid, mas foram os mandantes que abriram o placar.

Romarinho recebeu na área após a bola parecer ter batido no braço do companheiro e tocou para abrir o placar. O Red Bull Brasil não se abalou com o gol e passou a chegar cada vez mais perto do empate.

Léo Castro parou no goleiro, mas Anderson Marques, após falta batida por Lucas Urias, desviou de cabeça para igualar a contagem.

Mesmo sem fazer substituições, o técnico Ricardo Catalá ajustou a equipe, que voltou dominando a segunda etapa.

Em menos de 15 minutos, Lucas Nathan, Gustavo e Deivid criaram oportunidades, mas foi Léo Castro que conseguiu balançar a rede. O camisa 9 aproveitou cruzamento de Deivid e tocou para o fundo da rede.

A pressão continuou, mas o XV de Piracicaba soube aproveitar os contra-ataques. Rafael Rosa e Welton Paraguá viraram a partida.

Quando tudo parecia perdido, Ytalo aproveitou o desvio de Anderson Marques e empatou aos 41 minutos da etapa final. O Toro Loko ainda teve duas chances para virar mais uma vez, mas a bola não entrou.

 

FICHA TÉCNICA

XV de Piracicaba 3 x 3 Red Bull Brasil

Local: Estádio Barão da Serra Negra, em Piracicaba

Árbitro: Leandro Carvalho da Silva

Público e renda: 1.215 / R$ 13.550

Cartões amarelos: Samuel e João Victor (XV de Piracicaba); Deivid e Rubens (Red Bull Brasil)

Gols: Romarinho (25/1T), Anderson Marques (41/1T), Léo Castro (14/2T), Rafael Rosa (29/2T), Welton Paraguá (39/2T) e Ytalo (41/2T)

XV de Piracicaba: Leonardo; Calebe (Danilo Melega), João Victor, João Santos e Samuel; Fraga, Rafael Rosa e Renan Zanelli (Agnaldo); Welton Paraguá, Marcelo Fernandes (Bruno Oliveira) e Romarinho

T: Fahel Júnior

Red Bull Brasil: Julio Cesar; Lucas Urias, Anderson Marques, Douglas e Rubens; Renan Areias, Eder (João Denoni) e Lucas Nathan; Gustavo (Rodrigo), Léo Castro e Deivid (Ytalo)

T: Ricardo Catalá