Copa Paulista

11.11.2018

Toro Loko larga atrás na semi

Jogando em Campinas, equipe perde por 2 x 0 para a Ferroviária e vai ter de reverter fora

O Red Bull Brasil recebeu a Ferroviária na partida de ida da semifinal da Copa Paulista e, jogando no Moisés Lucarelli, a equipe visitante aproveitou as chances que teve: 2 x 0 no marcador.

“Ficamos devendo e faltou atenção no início, quando levamos os gols. A equipe procurou jogar no segundo tempo, mas não encontramos espaços e eles se fecharam bem”, disse o técnico Antonio Carlos Zago.

Agora, o Toro Loko vai ter de reverter a vantagem em Araraquara, no próximo domingo, às 16h. Uma vitória por dois gols de diferença leva a partida para a as penalidades, por três ou mais, classificação para o Red Bull Brasil, e qualquer outro resultado dá a vaga à Ferrinha.

“Tem que acreditar. Nossa equipe fez um ótimo campeonato até agora, cresceu na reta final. Agora, é pensar no próximo jogo, em reverter. Temos que trabalhar bem durante a semana. Já demos mostras que jogando fora a gente tem condições de bater qualquer equipe também”, completou o treinador.

O JOGO

O Toro Loko levou um duro golpe logo nos primeiros segundos de jogo. Antes mesmo de bater um minuto, Jorge Eduardo aproveitou o contra-ataque rápido, tirou de Julio Cesar e fez 1 x 0 para a Ferroviária.

Atrás no placar, o Red Bull Brasil chegou duas vezes com Ytalo. O camisa 9 arriscou de dentro e de fora da área, mas não conseguiu balançar a rede.

O problema é que em mais um contra-ataque, foi a vez de Felipe Ferreira aproveitar a oportunidade e marcar o segundo dos visitantes os 20 minutos.

Ainda na primeira etapa, Douglas aproveitou o rebote do goleiro, mas foi travado na hora do chute e não conseguiu diminuir.

Na volta do intervalo, a Ferroviária se fechou para não correr riscos e dificultou as ações ofensivas do Toro Loko. A equipe ficou mais tempo com a bola e se lançou à frente, mas pouco chegou ao gol de Gabriel Leite.

Nem o desvio contra de Higor Meritão, que obrigou Gabriel Leite a defender com os pés, fez a bola entrar.

 

FICHA TÉCNICA

Red Bull Brasil 0 x 2 Ferroviária

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas

Árbitro: Lucas Canetto Bellote

Público e renda: 388 / R$ 1.990

Cartões amarelos: Léo Castro e Jobson (Red Bull Brasil); Lucas Douglas (Ferroviária)

Gols: Jorge Eduardo (1/1T) e Felipe Ferreira (20/1T)

Red Bull Brasil: Julio Cesar; Lucas Urias (Renan Areias), Douglas, Anderson Marques e Acácio (Luis Phelipe); Jobson, João Denoni e Léo Castro (Gustavo); Eduardo, Carlos Renato e Ytalo

T: Antonio Carlos Zago

Ferroviária: Gabriel Leite; Vinicius, Elton, Gualberto e Arthur; Higor Meritão, João Cleriston (Caique) e Leo Artur (Lucas Douglas); Felipe Ferreira, Jorge Eduardo (Felippe Mateus) e Caio Mancha

T: Vinicius Munhoz