Copa Paulista

12.10.2016

Toro Loko empata fora e se mantém vivo

0 x 0 com o Comercial deixa o Red Bull Brasil a uma vitória simples da classificação na Copa Paulista

Red Bull Brasil e Comercial entraram em campo nesta quarta, no Palma Travassos, ameaçados por uma eliminação precoce na Copa Paulista. O Toro Loko conseguiu escapar disso, o time da casa, não.

Com um empate por 0 x 0, o time campineiro só precisa vencer o Nacional, em casa, no próximo domingo, às 10:00, para avançar à próxima fase. Já o clube de Ribeirão Preto, com três empates e duas derrotas, está eliminado.

“Foi um jogo difícil, a gente sabia que eles viriam meio que em um suicídio para tentar ganhar. Mais uma vez precisamos encontrar a solução para os gols. Temos três dias e chegamos vivos na última rodada”, disse o técnico Mauricio Barbieri.

A situação ficou a seguinte: Votuporanguense líder, com oito pontos, Nacional em segundo, com seis, Red Bull Brasil em terceiro, com cinco, e Comercial em quarto, com três.

“Na primeira fase, chegamos na rodada final brigando para ser primeiro e conseguimos. Vamos com esse pensamento para nos classificarmos e tenho confiança de que podemos fazer isso”, completou Barbieri.

 

O JOGO

Terceiro e quarto colocados do grupo, Red Bull Brasil e Comercial ficariam em péssima situação na competição se perdessem a partida. Talvez por isso, o jogo foi mais pegado do que com chances de gol.

Nos primeiros 45 minutos, o Toro Loko conseguiu chegar com um chute de longe de Denner e uma cabeçada de Wagner. Nada perigoso o suficiente para fazer a rede balançar.

O mesmo aconteceu do lado mandante. Chegadas esporádicas ao ataque, mas sem sustos para Saulo. As duas equipes foram para o intervalo com o zero no placar.

Na etapa final, o lance mais perigoso aconteceu logo no primeiro minuto. Mateus Totô pegou rebote de Saulo e conseguiu desviar. A bola estava cruzando a linha, mas Willian Magrão evitou o gol.

Ewerton obrigou Saulo a trabalhar em um chute de longe, assim como Branquinho fez com o goleiro do Bafo. Wagner também chegou perto, mas de cabeça. Nenhum deles conseguiu mexer o marcador e o empate sem gols seguiu até o fim.

 

FICHA TÉCNICA

Comercial 0 x 0 RED BULL BRASIL

 

Local: Estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto

Árbitro: Marcio Henrique de Gois

Público e renda: 424 / R$ 5.170

Cartões amarelos: Naldinho e Jean Natal (Comercial); Bruno Ferreira, Willian Magrão, Bruno Alves, Pedro Naressi e Branquinho (RED BULL BRASIL)

Cartões vermelhos: Naldinho e Jeffinho (Comercial)

 

Comercial: Márcio; Julio Lopes, Fabão, Danilo Costa e Mael; Ewerton, Ingro (Tiago Moura), Jean Natal e Jordã (Jeffinho); Naldinho (Leandro Oliveira) e Mateus Totô

T: Marcelo Dias

RED BULL BRASIL: Saulo; Bruno Ferreira, Willian Magrão, Willian Rocha e Guilherme Lazaroni; Pedro Naressi, Denner (Arthur Caculé) e Branquinho; Bruno Alves (Erik), Wagner e Wellington Rato (Nando Carandina)

T: Mauricio Barbieri