Campeonato Paulista 2018

19.02.2018

Toro Loko arranca empate com o Corinthians

Red Bull Brasil sai atrás, mas consegue a igualdade na etapa final

O Red Bull Brasil recebeu o Corinthians no Moisés Lucarelli e as duas equipes fizeram uma partida tão equilibrada, mas tão equilibrada, que uma fez o gol para a outra. Com um gol contra de cada lado, o placar terminou 1 x 1.

“A gente fez o jogo que esperávamos. Nos dedicamos muito e jogamos de igual para igual com o campeão brasileiro. O ponto tem de ser valorizado, são cinco jogos sem perder”, disse o técnico Ricardo Catalá.

Na próxima rodada, o Toro Loko vai encarar o Ituano, fora de casa, às 17:30, na segunda-feira.

“Nós temos apresentado um rendimento consistente nas partidas. Os jogos contra os grandes dão mais visibilidade e o time grande joga mais, isso te permite ter mais espaço, mas estamos fazendo jogos equilibrados”, completou o comandante. 

O JOGO

As duas equipes conseguiram se anular durante a primeira etapa. Empolgado com a vitória sobre o Novorizontino, o Toro Loko manteve sua postura de jogar com qualidade, mas esbarrou na defesa bem postada do Corinthians.

O atual campeão paulista, por sua vez, chegou disposto a apagar as duas derrotas consecutivas e tentou pressionar a saída de bola.

Lance de perigo, que é bom mesmo, só nos primeiros quatro minutos. Julio Cesar fez boas defesas em chutes de Rodriguinho e Clayson. Enquanto Eder Luis acertou a trave.

O equilíbrio da primeira etapa se manteve na segunda. A diferença é que, desta vez, com um gol para cada lado. 

Quem marcou primeiro foi o Corinthians. Aos 7 minutos, Clayson puxa para dentro e bateu de direita, a bola desviou em Tiago Alves e enganou Julio Cesar.

O Toro Loko segurou a pressão e, em um cruzamento vindo da esquerda, Juninho Capixaba cortou antes de Cássio, a bola subiu e morreu no fundo da rede.

O Red Bull Brasil aproveitou o bom momento e veio para cima, mas o 1 x 1 permaneceu até o apito final.

 

FICHA TÉCNICA

Red Bull Brasil 1 x 1 Corinthians

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas

Árbitro: Vinicius Furlan

Público e renda: 7.439 / R$ 297.219

Cartões amarelos: Everton Silva, Anderson Marques e André Castro (Red Bull Brasil); Camacho, Renê Junior e Sheik (Corinthians)

Gols: Tiago Alves (contra, 7/2T) e Juninho Capixaba (contra, 23/2T)

Red Bull Brasil: Julio Cesar; Everton Silva, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes; André Castro, Eder e Eder Luis (Doriva); Claudinho (Thomaz), Deivid (Matheus Oliveira) e Ricardo Bueno

T: Ricardo Catalá

Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Juninho Capixaba (Gabriel); Renê Júnior, Camacho (Maycon) e Rodriguinho; Romero, Clayson (Sheik) e Júnior Dutra

T: Fábio Carille