Categoria de Base

09.06.2018

Sub-15 empata e Sub-17 vence o Bragantino

Equipes jogaram fora de casa na manhã deste sábado pelo Campeonato Paulista

Os times Sub-15 e Sub-17 do Red Bull Brasil entraram em campo na manhã deste sábado pela décima rodada do Campeonato Paulista contra o Bragantino. Em um jogo movimentado, os mais novos empataram em 3×3. Já os garotos do Sub-17 venceram por 4×1 e ambos os jogos foram fora de casa. O próximo desafio será dia 20, contra o Jaguariúna FC, na casa do adversário.

Com o resultado, o time Sub-15 chegou aos 18 pontos e se manteve na liderança isolada da tabela. Já o Sub-17 chegou aos 16 pontos e continua na parte de cima da classificação.

A partida do Sub-15 foi movimentada desde o início. Após cabeçada, o Bragantino abriu o placar e pouco depois só não ampliou por causa do goleiro Cainã, que defendeu pênalti e impediu o segundo gol. E o lance acordou os garotos, que chegaram ao empate na sequência com Guilherme, e viraram a partida em chute de fora da área de Kamarad. Em outras duas oportunidades, o camisa 1 do Toro Loko apareceu novamente e fez boas defesas.

Mas na segunda etapa as coisas mudaram e os donos da casa chegaram ao empate e depois viraram o placar. O Toro Loko, que estava com a maioria do time formada por categoria mais nova, não desistiu e lutou até o final. E a recompensa veio com Alef, que aproveitou bobeada do goleiro e tocou para o gol livre para fazer o terceiro gol, empatar o jogo e dar números finais à partida.

O Sub-17 começou com o pé no acelerador e abriu 2×0 com sete minutos de jogo. Patto rolou para Urzedo, que bateu forte no canto para fazer o primeiro. Logo em seguida, Patto sofreu pênalti e Itapira bateu com categoria para ampliar a vantagem. O Bragantino reagiu e marcou em chute cara a cara, ainda na primeira etapa. Mas em chute forte, Patto tratou de dar mais folga ao Toro Loko e fazer o terceiro gol.

O Toro Loko manteve a pega no segundo tempo e seguiu dominando a partida. Jurado, após cobrança de escanteio, girou o corpo e soltou a bomba para carimbar o travessão. Mas ainda teve tempo para Felipe Ibanez receber cruzamento e completar para o gol, fechando a goleada em 4×1.