Copa Paulista

11.09.2016

Daqui pra cima! Toro Loko garante segundo lugar e já mira a ponta

Vitória sobre o Bragantino assegura vice-liderança. Domingo que vem tem “decisão” contra o XV de Piracicaba

Desde que venceu o Red Bull Brasil, em Campinas, o Bragantino acumulou três vitórias e dois empates. Derrotá-los em Bragança não seria missão tranquila, mas o Toro Loko conseguiu.

Com um gol de Bruno Alves, a equipe campineira deu o troco da derrota em casa e, de quebra, garantiu a vice-liderança do Grupo 3 da Copa Paulista.

“Fiquei feliz. O time se comportou bem. Foi o nosso terceiro jogo em sequência e eles tiveram uma folga, natural que viessem mais para cima. Mas a gente se comportou bem e o resultado é fruto disso”, disse o técnico Mauricio Barbieri.

Na próxima rodada, o Red Bull Brasil recebe o XV de Piracicaba no duelo que vale a ponta da tabela. O Nhô Quim tem um ponto de vantagem (24 a 23) e joga pelo empate, mas uma vitória simples colocará os campineiros no lugar mais alto.

“Garantimos o segundo lugar, que nos dá uma vantagem pequena para a próxima fase, mas ela existe. Agora, é ir para esse último desafio e buscar a liderança”, completou Barbieri.

 

O JOGO

Estava na cara que o duelo entre o vice-líder e o terceiro colocado teria emoção. O time da casa já levou perigo com um chute de longe de Vitor, mas o Toro Loko respondeu com uma jogada de oportunismo de Erik.

As duas equipes estavam criando, a diferença foi que a equipe campineira soube converter. Em jogada individual, Bruno Alves passou por dois marcadores e, mesmo sem ângulo, chutou para abrir o placar.

Se o ataque do Red Bull Brasil funcionou, o goleiro, então, nem se fala. Saulo apareceu pelo menos quatro vezes com defesas difíceis. Evitou os gols de Henrique Coelho (duas vezes), Tininho e Jonathan.

Não é à toa que o Toro Loko tem a melhor defesa do grupo, com apenas quatro gols sofridos. O time soube se segurar quando o Bragantino veio para cima e ainda levou perigo com um chute cruzado de Guilherme Lazaroni.

O gol não saiu para nenhum dos dois lados. Melhor para a equipe campineira, que havia marcado na etapa inicial, conseguiu levar o 1 x 0 para casa e garantir a vice-liderança.

 

FICHA TÉCNICA

Bragantino 0 x 1 RED BULL BRASIL

 

Local: Estádio Nabi Abi Chedid; em Bragança Paulista

Árbitro: Norberto Luciano Santos da Silveira

Público e renda: 130 / R$ 705

Cartões amarelos: Rodrigo San, Juliano, Jonathan e Eliel (Bragantino); Denner, Igor Sartori e Nando Carandina (RED BULL BRASIL)

Gol: Bruno Alves (23/1T)

 

Bragantino: Rafael Pascoal; Kellyton, Juliano, Marcel e Dodô; Rodrigo San (Anderson Ligeiro), Jonathan (Adenilson) e Vitor; Eliel (Bruno), Henrique Coelho e Tininho

T: Alberto Felix

RED BULL BRASIL: Saulo; Bruno Ferreira, Garrido, Willian Rocha e Guilherme Lazaroni; Nando Carandina, Denner (Pedro Naressi) e Branquinho; Bruno Alves, Erik (Caíque) e Igor Sartori (Wellington Rato)

T: Mauricio Barbieri