Categoria de Base

28.05.2017

Sub-15 é campeão na Holanda

Equipe de Gustavo Almeida ficou com o título após vencer o Vitesse nos pênaltis

O time Sub-15 do Red Bull Brasil escreveu neste domingo um importante capítulo em sua história. Pela primeira vez, a categoria sagrou-se campeã de um torneio. E ele não foi nada fácil de ser conquistado. A equipe de Gustavo Almeida venceu o Vitesse (HOL) nas penalidades e ficou com a taça do OSM´75 Toernooi, disputado na Holanda. Com apenas um gol sofrido em oito partidas, o time também teve o atacante Eduardo como artilheiro da competição, com cinco gols marcados. A delegação, que também foi vice-campeã no Marveld Tournament, retorna ao Brasil nesta segunda-feira.

A primeira partida do dia foi a mais fácil para o Toro Loko. Com muita disposição, o time começou pressionando e criou diversas chances. Quem marcou primeiro foi Juliano, após receber lindo lançamento de Jhones e encobrir o goleiro. Pedro quase aumentou em chute na trave, e Arthur parou no goleiro sueco. Na segunda etapa, com mais volume de jogo, os garotos chegaram ao segundo gol com Eduardo, que ficou com sobra na área e soltou a bomba para fechar o marcador.

O jogo contra o Heerenveen foi um pouco mais complicado. Apesar de não sofrer nenhum susto, o Toro Loko não conseguia balançar a rede adversária. Logo no início, Juan saiu cara a cara com o goleiro e bateu rasteiro, em chute defendido. Mas, quando o jogo se encaminhava para o empate, Pedrinho apareceu após cobrança de lateral e com um toque rasteiro fez o único gol do jogo, no último lance, e deu a vitória ao Red Bull Brasil.

O Toro Loko entrou em campo contra o West Bromwich já classificado para a decisão, mas não deixou isso influenciar dentro de campo e saiu com a vitória por 1×0, com gol de Ferreira.

A decisão contra o time holandês foi pegada do início ao fim e nenhum dos times tiveram muitas chances. A principal do Toro Loko veio com Arthur, que completou cruzamento e chutou muito perto da trave. O Vitesse respondeu rápido, mas o goleiro Guilherme estava lá para salvar e fazer bela defesa. Com o 0x0 nos dois tempos, a decisão ficou para as penalidades. Melhor para o Toro Loko, que converteu todas as cobranças e contou novamente com o goleiro Guilherme, que defendeu uma, para sagrar-se campeão do torneio.