Campeonato Paulista 2015

18.02.2015

Red Bull Brasil sofre gol nos acréscimos e perde a primeira em casa no Paulistão

Toro Loko foi derrotado pelo XV de Piracicaba, por 3 x 2, na noite desta quarta-feira, no estádio Moisés Lucarelli

O Red Bull Brasil sofreu a sua primeira derrota em casa pela Série A1 do Paulistão 2015. Em partida disputada nesta quarta-feira, no estádio Moisés Lucarelli, o Toro Loko enfrentou o XV de Piracicaba, que contou com um gol aos 47 do segundo tempo para vencer por 3 x 2. O resultado deixou o time de Campinas na quarta colocação do grupo 1, com sete pontos. A próxima partida será no sábado, diante do São Bento, novamente em Campinas.

O primeiro tempo começou com uma forte pressão do Red Bull Brasil em cima do time visitante. Com apenas dez minutos de jogo, o Toro Loko já havia criado três oportunidades claras para abrir o marcador, nas duas primeiras com Jocinei e depois com Lulinha. Na única vez em que foi atacado, no entanto, o time campineiro sofreu o gol, aos 13 minutos, em jogada do camisa dez Paulinho, que invadiu a área e tocou no canto esquerdo de Juninho.

Mesmo com o gol sofrido, o Red Bull Brasil seguiu pressionando o adversáiro e o empate foi questão de tempo. Aos 32 minutos, Raul recebeu pelo lado esquerdo e tentou o arremate, a bola bateu na zaga e sobrou para o artilhiero Edmilson, que cortou o goleiro Ramon e mandou para o fundo das redes. O Toro Loko só não desceu para o vestiário com a vantagem no marcador, pois a trave parou a cabeçada de Lulinha, aos 42 minutos.

No segundo tempo a história se repetiu, e novamente o XV de Piracicaba passou a frente no marcado no início da etapa, aos 14 minutos, com o camisa sete Chico. Mas, dessa vez, o empate não demorou a sair. Aos 20 minutos, após cruzamento pela direita, a bola sobrou nos pés de Lulinha, que chutou com categoria para deixar tudo igual mais um vez. O gol que decretou a vitória do time visitante veio aos 47 minutos da etapa final, com Rodrigo, em cabeçada após cobrança de falta. Na sequência, o árbitro apitou o final da partida, e não deu chances para a terceira reação do Red Bull Brasil.

ABRE ASPAS: O TÉCNICO MAURICIO BARBIERI

“A nossa equipe tem méritos por ter buscado o resultado duas vezes e por ter tido chances de fazer o terceiro gol e virar a partida. Infelizmente, nós pecamos um pouco nas finalizações e num lance isolado, no último minuto da partida, sofremos o gol que deu a vitória ao time deles. Parabéns ao XV de Piracicaba pela vitória, mas para a nossa equipe isso já é passado. Vamos agora recuperar os atletas, levantar a cabeça e focar na partida de sábado, contra o São Bento”.

FICHA TÉCNICA:

RED BULL BRASIL 2 X 3 XV DE PIRACICABA

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 18/02/2015, quarta-feira
Horário: 19h30
Árbitro: Marcelo Rogério
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Carlos Augusto Nogueira
Público e renda: 952 / R$ 8.355,00
Cartões amarelos: Clayton, Paulinho (XV)
Gols: Edmilson, aos 32’1ºT e Lulinha, aos 20’2ºT (REDBULLBRASIL); Paulinho, aos 13’1ºT, Rodrigo, aos 47’2ºT e Chico, aos 47’2ºT (XV)

RED BULL BRASIL: Juninho; Jonas, Willian Magrão, Fabiano Eller e Romário; Andrade, Jocinei (Isac, aos 36’2ºT) e Lulinha (Allan Dias, aos 41’2ºT); Raul, Edmilson e Wilson Júnior (Gustavo Scarpa, aos 23’2ºT). Técnico: Mauricio Barbieri

XV DE PIRACICABA: Ramon; Éder, Leonardo, Rodrigo e Fernandes; Clayton, Chico (Diego Silva, aos 44’2ºT), Toni e Paulinho; Bruninho (Henrique, aos 37’2ºT) e Ronieli (Daniel Bueno, aos 20’2ºT). Técnico: Roque Júnior

Veja os melhores momentos:

Veja as imagens da partida: